Televendas:(11)2203-2220
 

SPRINKLERS

SPRINKLERS

Sprinklers (chuveiros automáticos)

 Sprinklers automáticos são aparelhos mecânicos designados para controle e supressão de incêndios.  

Onde os sprinklers são necessários?

  • Em todas as construções em que haja considerável quantidade de material combustível;
  • Em locais com armazenamento de materiais combustíveis;
  • Em processos perigosos como injeção de líquidos inflamáveis, mesmo protegidos por sistemas fixos de combate a incêndios.
  • Em espaços confinados com presença de materiais combustíveis, como pisos, telhados etc.
  • Debaixo dos tetos das plataformas externas na qual haja presença de materiais inflamáveis.
  • Em equipamentos fechados como fornos, secadoras, coletores de pó, dutos largos, cabines de pintura, e ambientes similares no quais materiais combustíveis façam parte do processo ou que acumulem no ambiente.
  • Em pequenas estruturas como coberturas, escadas, corredores, estoques que possam conter material combustível.
  • Em torres elevatórias, incluindo coberturas, e casa de máquinas.
  • Em ambientes externos onde tanques, alambiques, tubulações ou equipamentos que contenham material químico ou líquidos inflamáveis.
Um sistema automático de sprinklers é uma rede de tubos localizada no nível do teto conectado a uma fonte de água (caixa d’água, bomba etc), em que os bicos são instalados estrategicamente para jogar água sobre o incêndio. Na maior parte das instalações comuns, os bicos são mantidos fechados (por link metálico ou bulbo de vidro), que são designados para abrir quando o calor atingir a temperatura pré determinada de cada sprinklers, permitindo a descarga d’água, que bate no defletor do sprinkler e forma um spray sobre o incêndio. Cada sprinkler opera independentemente.
Tipos de sistema de sprinkler
 Os sistemas com tubulação molhada são os mais comuns. Neste caso a rede é mantida pressurizada com água, ocorrendo à descarga da mesma imediatamente após o rompimento da ampola ou fusível metálico do sprinkler, de forma intermitente até o fechamento do sistema. Este é o mais simples e confiável dos sistemas.
 Os sistemas de tubulação seca são usados em áreas frias para prevenir que a água congele na tubulação. As tubulações contem ar ou nitrogênio pressurizado que mantém o flap de uma válvula tipo seca fechada, isso previne que a água entre no sistema. A válvula seca é mantida em uma área aquecida para evitar que a válvula abaixo do flap congele. Quando o sprinkler abre, a pressão escapa pelo orifício do sprinkler, que faz que a pressão do sistema baixe. Eventualmente, com a queda da pressão do ar, permite que a pressão da água empurre o flap, e permita que a água entre no sistema. Esse tipo de sistema, no entanto, tem um delay inerente ao disparo da água, devido ao tempo que a água demora em passar pela válvula e preencher o sistema de sprinkler. Esse é o sistema menos confiável por causa da complexidade dos mecanismos envolvidos, e requer maior manutenção.
 O sistema de pré ação é similar ao sistema de tubulação seca, mas tipicamente usado em áreas com alta suscetibilidade de danos por uma descarga acidental de água por um sprinkler ou da tubulação. Ele também pode ser usado no lugar dos sistemas de tubulação seca. A água é impedida de entrar na tubulação por uma válvula fechada (chamada de pré ação), que é controlada por um sistema de detecção. Se o sprinkler ou a tubulação forem danificados, a água não ira entrar no sistema. Em caso de incêndio, no entanto, em adição a abertura do sprinkler, a detecção do sistema também opera, permitindo que a água entre no sistema. Com esse tipo de sistema é possível reduzir parcialmente o delay na descarga do sprinkler; é um sistema menos confiável, pois, requer manutenção na válvula de pré ação e no sistema de detecção. 
 O sistema de dilúvio é um sistema similar ao arranjo do sistema de pré ação, exceto pelos bicos serem abertos (sem fusível, ou ampola de vidro). Com a descarga da água todos os bicos, molhando toda a área protegida. Esse sistema é usado em áreas com risco alto em que seja necessária a descarga imediata de uma grande quantidade de água.
  Alarme
 Todos os sistemas de sprinkler incluem um mecanismo de alarme (motor de alarme – gongo) quando disparados.
 O sistema local de alarme alerta os ocupantes do local e aciona os bombeiros locais a tomar as medidas previstas em caso de incêndio.




Comparação de produtos (0)


Sprinkler Pendente 68°C

Sprinkler Pendente 68°C

SPRINKLER STANDARTBico de Sprinkler, fabricado em bronze, resposta standard. Rosca ½” – orifíci..

Exibindo de 1 a 1 do total de 1 (1 páginas)